quarta-feira, 1 de setembro de 2010

...

Amor...

Eu amo e não sou amado
Eita que destino ingrato,
Meu coração vive louco
Isso pra mim é um fato,
Ele faz suas loucuras
Mas sou eu quem pago o pato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário