quarta-feira, 20 de julho de 2016

Desejei seu amor
Desejei seu amor sem perceber;
Que o desejo traria grande dor
Quem não tem o amor, não dar amor;
E eu não posso cobrar sem você ter.
Foi ai que nasceu meu desprazer.
Beijos falsos amargam no sabor;
Despertei desse sonho sem valor
E abortei meu amor pra não morrer.
Você diz que me quer, mas só que é tarde,
Não me venha dizer que eu fui covarde
Meu desejo era ver você feliz.
Por descuido você fez tudo errado
E se você me quiser, volte ao passado,

Porque foi no passado que te quis.

RAFAEL NETO

Nenhum comentário:

Postar um comentário